COMO SER CONTRA CORRUPÇÃO?

COMO SER CONTRA CORRUPÇÃO?
A MUDANÇA COMEÇA POR VOCÊ.

quarta-feira, fevereiro 22, 2017

CANUDOS-BA: CHUVA E VENTO FORTE CAUSAM ESTRAGOS NO POVOADO DE BENDEGÓ.



Neste início de semana, algumas regiões do Sertão Baiano que sofriam com a longa estiagem que a já durava quase um ano, voltou a chover de forma considerável, porém o que se tratava de uma ótima notícia se transformou em pesadelo para muitas famílias do Povoado de Bendegó, município de Canudos-BA.


No período da tarde desta terça-feira (21), de acordo com informações das Redes Sociais, uma forte chuva, acompanhada de rajadas de ventos, granizo e trovoadas assustaram moradores.  Essa tempestade provocou vários estragos no povoado, como o destelhamento de várias casas, destruição de fachadas de comércios e até danificar poste de iluminação; além de arrancar árvores, provocando alguns prejuizos materiais a população.


Não há informações de que alguém tenha se machucado.

Formosa News


VOCÊ SABIA?CARNAVAL NÃO É FERIADO NACIONAL.

Resultado de imagem para trabalhar no carnaval

Grande parte dos brasileiros folga de sábado até o meio-dia da quarta-feira de cinzas, mas o Carnaval não é um feriado nacional. Apenas alguns Estados e cidades têm isso na lei. O Rio de Janeiro, por exemplo, declarou a terça-feira de Carnaval como um feriado estadual em 2008.

Nos lugares onde não é feriado, as empresas têm o costume de liberar seus funcionários, mas elas podem manter o trabalho normalmente nesses dias, segundo a advogada Marcia Bello, coordenadora de relações do trabalho do escritório Sevilha, Arruda.

As horas não trabalhadas no Carnaval ainda podem ser compensadas em outros dias pelo funcionário, ou descontadas de um banco de horas.
Se a empresa determinar que o funcionário trabalhe no Carnaval, mas ele se recusar, pode ter os dias descontados do salário, ou receber uma advertência, de acordo com a advogada.
Marcia Bello afirma que apenas a falta não é motivo para uma demissão por justa causa, segundo a lei. Para isso a empresa deve analisar se o funcionário já tem um histórico de faltas e se já foi punido com advertências ou suspensão. Só assim a demissão por justa causa pode ser considerada.

Pagamento em dobro
Quem trabalha no Carnaval não tem direito a receber em dobro, só nos Estados e Municípios em que seja feriado. Somente três estados em todo Brasil, é considerado feriado estadual decretado por lei, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

A advogada afirma que alguns tribunais trabalhistas têm entendido que a terça-feira de Carnaval pode ser considerada um feriado, mesmo a lei não dizendo isso, considerando os usos e costumes, já que há décadas o dia é visto assim.


Por causa disso, esses tribunais consideram que deve ser pago em dobro a quem trabalha na terça-feira. Ela diz, porém, que essas decisões são uma minoria.

Uol

OBRIGADO SENHORA DILMA(PT), PELO PRESENTE,ADORAMOS!

dilma-luz-barata

Mais de quatro anos depois de a presidente Dilma Rousseff intervir no setor elétrico para reduzir a conta de luz em 20% — queda que foi anulada por aumentos que ultrapassaram 50% em 2015 —, um novo esqueleto do setor elétrico ganhou corpo ontem. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) bateu o martelo e definiu em R$ 62,2 bilhões o valor de indenizações a transmissoras de energia. O consumidor vai arcar com esta fatura nas contas de luz até 2025. A estimativa é que esta decisão signifique um efeito médio de alta nas tarifas de 7,17% este ano. O valor do reajuste que será efetivamente pago pelo consumidor, porém, depende de outras variáveis que afetam a conta de luz — como subsídios, custo de geração da energia de Itaipu, comportamento do dólar, entre outros — e é definido de acordo com cada distribuidora. No caso do Rio de Janeiro, a previsão é que a tarifa residencial suba 8,55% em março, percentual que já engloba o efeito das indenizações. As informações são de Danilo Fariello n’O globo.

Desde que o governo decidiu interferir no setor elétrico, a conta de luz tem vivido uma montanha-russa. Em 2013, a energia teve queda de 15,66%, alívio que foi logo compensado por um aumento de 17,06% em 2014 e de 51% em 2015. No ano passado, houve queda de 10,66%, segundo dados do IBGE. Para este 2017, especialistas previam nova queda de preço. O efeito da indenização a transmissoras será, portanto, o de restringir o benefício que chegaria ao consumidor.

O imbróglio começou com a publicação da medida provisória 579, em 2012, que tinha o objetivo de reduzir a conta de luz. Ela previa que as concessões de geradoras e transmissoras de energia teriam seu vencimento antecipado, mas as empresas receberiam o pagamento de indenizações por investimentos efetuados e que não foram devidamente amortizados. Os contratos seriam renovados e condicionados a receitas menores das empresas. O pagamento das geradoras ocorreu em seguida, com recursos disponíveis em fundos públicos. O pagamento das transmissoras de energia, que foi prometido na época, porém, foi arrastado até este ano. Somente o efeito financeiro desse atraso aumentou a conta em mais de R$ 35 bilhões, segundo a Aneel.


— O fato de não ter sido pago naquela época imputou hoje valor considerável para o consumidor, que não teve gestão na decisão de pagar ou não — disse ontem Reive de Barros, diretor da Aneel que relatou o processo.

Fabio Campana

terça-feira, fevereiro 21, 2017

BRASIL É 10º PAÍS DO MUNDO MAIS PERIGOSO PARA IMPRENSA, DIZ PESQUISA.


O Brasil fechou o ano de 2016 com 174 casos de agressão a pelo menos 261 profissionais e veículos de comunicação, aponta uma pesquisa Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) divulgada nesta terça-feira (21). O número coloca o Brasil como o 10º país mais perigoso para profissionais da imprensa e o 2º da América Latina, atrás apenas do México (veja lista ao fim desta reportagem).De acordo com a pesquisa, houve aumento de 60% no número de casos entre 2015 e 2016. O estudo indica ainda que dois jornalistas morreram no exercício da profissão no ano passado.

O Comitê para a Proteção de Jornalistas e a Federação Internacional de Jornalistas informaram que houve um aumento nas intimidações dos profissionais da comunicação na cobertura dos fatos.Para o presidente da Abert, Paulo Roberto Camargo o tratamento das forças de Segurança nas manifestações é uma das causas dessas violências.“Acho principal fator desse aumento se deu por causa das inúmeras manifestações que ocorreram e de uma incompreensão das próprias autoridades da Segurança Pública sobre o papel da imprensa nessas situações.”

Camargo afirmou que a entidade irá sugerir ao governo que seja feito um treinamento para mudar o tratamento das forças de segurança com relação à imprensa em eventos públicos e manifestações.

Dois casos destacados pelo relatório da Abert deste ano são os de violência contra a imprensa no período das Olimpíadas. Mesmo sem contabilizar nas estatísticas, a tragédia da queda do voo da Chapecoense também foi mencionada, por ser considerada pela instituição “a pior do jornalismo brasileiro”.Em 2015, o relatório indicou que oito jornalistas foram mortos e 64, agredidos. Isso colocou o Brasil como quinto mais perigoso para os profissionais da imprensa, atrás de Síria, Iraque, México e França.Criada em 1962, a Abert reúne 22 associações estaduais, 320 emissoras de TV e 3,1 mil emissoras de rádio.Países mais perigosos para a imprensa em 2016.

1-Iraque
2-Síria
3-Afeganistão
4-México
5-Iêmen
6-Guatemala
7-Índia
8-Paquistão
9-Turquia
10-Brasil

Jornal Impresa do Agreste

     

segunda-feira, fevereiro 20, 2017

AGORA É PRA VALER-SAI PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL DE BELÉM DO SÃO FRANCISCO-PE


FONTE: GRUPO DE WHATSAPP

PROFESSOR BELEMITA PUBLICA MAIS UM DE SEUS ARTIGOS EM REVISTA ACADÊMICA DE JUAZEIRO-BA

João Jodelio

O Professor Belemita Inaldo Moreno de Sousa publicou recentemente na Revista Expansão Acadêmica da Faculdade São Francisco de Juazeiro-BA mais um de seus Artigos intitulado “A UTILIDADE DE UMA OBRA LITERÁRIA PARA O ENSINO DA GEOGRAFIA.” Em sua apresentação do Artigo, o Professor Inaldo Moreno afirma que o presente trabalho busca contribuir para o estudo e a utilização de vários recursos no ensino de Geografia, permitindo assim realizar relações interdisciplinares com outras matérias a exemplo da Literatura.

Demonstra também alguns exemplos de autores e suas respectivas obras literárias como Euclides da Cunha em “Os Sertões”, José de Alencar e o romance O Guarani, assim como Morte e Vida Severina de João Cabral de Melo Neto que podem ser trabalhadas em sala de aula de forma construtiva e interativa. Romances, poemas e crônicas são materiais valiosos para mostrar, através de diversos pontos de vista diferentes, como o homem e o ambiente se interagem.


A importância de construir um ensino interdisciplinar reside também na integração do ensino à realidade, formando discentes capazes de compreender a sociedade da qual fazem parte como indivíduos. 

O Artigo assim como outros trabalhos acadêmicos, encontra se a disposição no link: http://www.expansaoacademica.com/wpcontent/uploads/2016/12/edicao3-20161221.pdf.

Enviado pelo professor, a nossa redação.


FUTEBOL-TERÁ UMA "LAVA JATO" ENTRE AS FEDERAÇÕES ESTADUAIS E A GLOBO?

juntos-jogadores-de-atletico-pr-e-coritiba-se-despedem-da-torcida-da-arena-na-baixada-nao-houve-jogo-1487537298300_615x300

O clássico entre Atlético-PR e Coritiba, marcado para as 17h (de Brasília) deste domingo (19), teve seu início impedido pela Federação Paranaense de Futebol (FPF). Alegando problemas de credenciamento, a entidade se opôs à transmissão do jogo de forma independente e exclusivamente online pelos canais dos clubes no YouTube. Os clubes se negaram a jogar sem a transmissão e a partida não aconteceu.

Jogadores dos dois times entraram em campo de mãos dadas para se despedir da torcida e voltaram ao vestiário logo depois. A torcida na Arena Baixada gritou “vergonha” e protestou contra a FPF e a Rede Globo.
“Fica o alerta para que os outros clubes sigam o exemplo de Atlético e Coritiba”, disse o presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed. “Vamos dizer não. É uma palavra simples. Muitas vezes é isso que a gente tem que fazer: romper com essas coisas. Vamos romper com o status quo“.

Em seu Twitter oficial, o Coritiba falou sobre o impasse. “Funcionários da Federação Paranaense de Futebol solicitam que a arbitragem não permita início do jogo. Motivo: a FPF não permite transmissão do jogo pelos canais de Coritiba e Atlético. A federação pede que o jogo não comece enquanto houver a transmissão online”.

O diretor executivo de marketing do Atlético-PR, Mauro Holzmann, se revoltou com a decisão e disse que o jogo não aconteceria sem a transmissão pela internet.

“Atlético-PR e Coritiba não venderam seus direitos [para a TV] por causa dessa merreca que a RPC e a Globo nos ofereceram. E a Federação Paranaense de Futebol não quer dar continuidade à partida enquanto a imprensa estiver aqui. Temos uma produtora independente aqui. Não temos que acabar com a transmissão”, disse ele ao canal do Atlético no YouTube.

Uol/Didigalvão


sábado, fevereiro 18, 2017

GOVERNO AUMENTA REPASSE DE SALÁRIO-EDUCAÇÃO EM 7%

Governo aumenta repasse de salário-educação em 7%

Os repasses do salário-educação para municípios, estados e Distrito Federal vão crescer 7% este ano em relação a 2016. Segundo estimativa publicada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), nesta sexta-feira (17), no Diário Oficial da União (DOU), a transferência das quotas estadual e municipal referentes a 2017 deve atingir R$ 12,53 bilhões – no ano passado, foram R$ 11,71 bilhões. As redes municipais devem receber R$ 6,86 bilhões, enquanto as estaduais e distrital, R$ 5,67 bilhões. “O salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e desenvolvimento do ensino no país, ao lado do Fundeb”, explica o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro. O valor é uma contribuição social recolhida de todas as empresas e entidades vinculadas ao Regime Geral da Previdência Social. A alíquota é de 2,5% sobre a folha de pagamento. Após a arrecadação, feita pela Receita Federal, cabe ao FNDE repartir os recursos, sendo 90% em quotas estadual/municipal (2/3) e quota federal (1/3), e 10% para serem utilizados pela autarquia em programas e ações voltados à educação básica. Distribuída com base no número de matrículas no ensino básico, a quota estadual/municipal é depositada mensalmente nas contas correntes das secretarias de educação. Já a quota federal é destinada ao FNDE, para reforçar o financiamento da educação básica, com o intuito de reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

Bahia Noticias

sexta-feira, fevereiro 17, 2017

SEM DUVIDAS- CARNAVAL 2017, SERÁ A FESTA DA CRISE.

Resultado de imagem para crise no carnaval de salvador

A empresária Flora Gil, que comanda até esse ano o camarote Expresso 2222, concedeu entrevista ao apresentador José Eduardo na Rádio Metrópole, onde falou sobre o Carnaval.


A importância do poder público para o Carnaval: “depende muito do governo da época. Quando o prefeito é mais tímido pra festa, isso se reflete na rua, quando não há vontade grande, se reflete no aporte que a prefeitura vai dar, nas atrações”.

Flora aproveitou a oportunidade para elogiar o prefeito ACM Neto: “sou fã do Neto, ele está fazendo um excelente trabalho. Carrega a cidade como se tivesse tomando conta da casa. Não me ajuda com aporte financeiro, mas me ajuda com outras coisas. O Isaac, da Saltur, também dá uma força, profissionalizou o Carnaval”.

A esposa de Gilberto Gil também falou da união de forças da prefeitura e governo acerca da folia: “em outras coisas eles podem não estar alinhados, mas os dois querem trazer para a Bahia o Carnaval que a Bahia merece, que os baianos esperam e que os turistas querem assistir”.

A dificuldade de conseguir patrocínio também foi pauta da entrevista: “antigamente a gente tinha dificuldade de patrocínio, muita gente de fora tinha a visão de que a gente não trabalha, não faz nada. Mas eles perceberam que aqui tinha dinheiro, que dava pra ativar a marca”. Sobre a situação atual, Flora foi enfática com relação à crise: “tem patrocinador que tá entrando só com produto, sem dinheiro. É um sinal de empobrecimento”.


Flora, que passou o bastão do Camarote Expresso 2222 para Preta Gil, que o comanda a partir de 2018, falou com entusiasmo sobre a vinda do bloco da enteada para o Carnaval da Bahia: “O Bloco da Preta saí na sexta, às 21h. E no ano que vem ela vai comandar o Camarote”, disse, ao salientar que está “cansada” e que o que dá mais trabalho no Carnaval é “elaborar a vista dos convidados”. Vale lembrar que em coletiva recente a cantora Preta Gil já anunciou como novidade a possibilidade

Bocão News

QUE PONTO CHEGAMOS-STF DA PRIVILEGIO EM DINHEIRO A “BANDIDOS” E EMPURRA CONTA PARA OS ESTADOS.


A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em responsabilizar os estados pelas condições carcerárias degradantes submetidas aos detentos nos presídios é vista com preocupação pelo governador Rui Costa. Um dia após o parecer, o petista afirmou que a medida abre precedentes para outros setores da administração pública, como saúde, educação e saneamento básico.

Resultado de imagem para justiça protege bandidos

"Os problemas são graves não apenas dentro dos presídios e este julgamento vai se replicar em outras demandas sociais? Como é que fica? o Estado vai ter de indenizar as famílias (das vítimas) mortas pelos bandidos? Porque ao seguir esta decisão, todos aqueles que foram assassinados por estes bandidos têm que ser indenizados", avalia Rui.

Para o governador, a decisão reflete um cenário de "desgoverno" vivido pelo país e o bom-senso tem sido deixado de lado pelas instituições. "Na condição de cidadão, eu não consigo entender, porque o dinheiro não vai sair do bolso de nenhum governador", frisa.


A decisão do Supremo diz que o Estado terá de arcar com pagamento de indenização ao preso.

Bocão News